quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Artista da Semana - Bado


BADO, compositor e instrumentista, artista portovelhense, nascido em 1964 no Estado de Rondônia, revela-se com traços peculiares à sua história e memória cultural, envolvendo no seu contexto musical uma mistura de musicalidade amazônica, com sons e ritmos universais.
No conjunto de suas obras e participações artísticas passou por experiências de criação musicais produzidas por encomendas para o teatro e filmes documentários, além de trabalhos realizados para produção de shows musicais.
Com participação em vários movimentos culturais desde o início dos anos 80, a exemplo do Projeto “Grito de Cantadores” SESC/RO(1992) e outros, amplia seu universo musical com experiências em outros estados no final desta década, onde viveu no Rio de Janeiro(1987/88), estudando e atuando como músico profissional.
A partir dos anos 90, além de atuar como professor da Escola de Música de Porto Velho, se envolve em vários projetos, inclusive de âmbito nacional, quando se apresentou levando a música amazônica no Projeto “Rio Brasil”, Sala Cecília Meireles e Museu da Imagem do Som (junho,1992) no Rio de Janeiro, resultando na gravação do disco Porto das Esperanças em conjunto com outros compositores do Estado de Rondônia.
No ano de 1995, Bado e outros artistas participam no Projeto “escola viva”, levando a música de compositores locais às escolas municipais da rede pública, resultando na gravação de um disco denominado “Amazônia em Canto”.
Na segunda metade da década de 90, se apresenta em festivais e mostras musicais fora do estado, como: FEMUCIC (Maringá, PR); Teatro Francisco Nunes (Belo Horizonte-MG); Teatro Amazonas (Manaus/AM) e Espaço SEBRAE – Brasília/DF.
Em 2000/2001 foi selecionado pelo Projeto “RUMOS” Itatú Cultural e passa a integrar a Cartografia Musical Brasileira, realizando Shows em São Paulo na Sala Azul Itaú Cultural.
No ano seguinte se apresenta em Belém(PA) no Quinta Cultural do Banco da Amazônia e no Rio de Janeiro pelo Projeto “Cantorias Amazônica” no Teatro 2, Centro Cultural Banco do Brasil.
No ano de 2005, grava seu primeiro disco solo intitulado “Aldeias de Sons” e foi convidado pela FUNARTE para se apresentar no Projeto “Pixinguinha” em 8 (oito) cidades do sul e sudeste do Brasil no mês de setembro(2005).
Após um intenso processo de interação ao longo dos anos com os compositores e músicos da região amazônica, Bado participa, a convite do compositor paraense Nilson Chaves do Show “Gente da mesma Floresta”, realizado em São Paulo em abril de 2006, com gravação ao vivo em DVD.
Atualmente, Bado continua difundindo seu trabalho em várias regiões do País, traduzindo dessa forma a necessidade relevante da construção de uma identidade musical amazônica com o viés interativo e universalizante de todos os tons.
.
Contatos:
(69) 8425 5161 /(69) 3043 3776
E-mail: edgarmelo_music@hotmail.com
.
Fonte: Assessoria

8 comentários:

  1. Bado é excepcional!Amo esse músico de paixão! saudades de seus shows! gde bjo

    ResponderExcluir
  2. Ninguém se compara a Bado em Porto Velho! O melhor entre os melhores! sensacional os seus shows! Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  3. Aprendi a gostar do Bado com uma amiga soniamar que me arrastava para os shows dele,hoje devido a trabalho nem sempre podemos assistir aos seus shows,mas espero brevemente ve-lo no palco.Nós amamos você!

    ResponderExcluir
  4. BADO é BADO! Ninguém supera-o em porto velho.Sensacional!

    ResponderExcluir
  5. Nada como uma boa música para fazer o dia ficar melhor!bado é um músico excepcional e suas músicas show de bola!

    ResponderExcluir
  6. Vera lúcia/são paulo21 de dezembro de 2008 17:24

    Recebi da minha irmã soniamar q mora em porto velho um CD desse musico maravilhoso e me apaixonei pelo tom da sua voz e a musicalidade.Hj ela me passou o site desse blog e pude conhecer um pouco mais da cultura desse lugar.Parabéns! Bado não fica nada atrás dos músicos aqui de são paulo e os rondonienses devem valorizá-lo e muito.Um grande abraço

    ResponderExcluir
  7. Que tal divulgar a agenda de Bado nesse blog? nem sempre ficamos sabendo por onde ele anda.Amei esse bolg.parabéns aos organizadores!

    ResponderExcluir
  8. Por onde anda o Bado? qual a agenda para esse ano?

    ResponderExcluir

Contribua com o seu verso aqui: